Cinta pós-parto ou modeladores funciona mesmo?

Uma duvida que varias mães tem é qual delas é melhor e/ou funciona.

Cinta pós-parto ou modeladores funciona mesmo?

Vamos lá?

Olá meninas, tudo bem??? Como vocês já sabem o Rafa vai nascer só em Fevereiro, mas eu já estou pensando em como ficará minha barriga depois do parto e o que usar para que minha barriga volte ao normal.

Ta certo que ela já era gradinha (risos), mas quanto menor melhor né?

Então resolvi pesquisar sobre o assunto, vejam só o que eu achei:

Cinta pós-parto ou modeladores:

Cinta pós-parto ou modeladores funciona mesmo?

Por um lado, elas melhoram o aspecto externo da silhueta e dão mais segurança à mulher logo depois da cesariana, porque ela pode ter aflição dos pontos e da sensação de que os órgãos estão meio soltos dentro da barriga (pois estão um pouco mesmo). Por outro, há especialistas que acreditam que o uso constante da cinta impeça os músculos de se movimentarem e atrapalhem o fluxo sanguíneo, o que, em vez de ajudar, pioraria a recuperação dos tecidos. Além disso, em caso de parto normal, recomendam que só se use a cinta depois do primeiro mês, quando o útero já estiver no lugar, para não correr o risco de ele pressionar a musculatura pélvica, o que poderia levar a problemas como o de “bexiga caída”. Afinal, o truque de apertar e modelar funciona?

O cirurgião plástico Luiz Eduardo Ematne afirma que não há comprovação dos benefícios e explica por quê:

“Na gravidez, não há a desconexão da pele com a musculatura. O procedimento é intra-abdominal, diferentemente do que acontece pós cirurgia plástica – na qual a cinta precisa ser usada para comprimir a região que sofreu intervenção.” A ginecologista Isabella Proença, diretora do espaço Bella Gestante e obstetra da atriz Danielle Winits, grávida de sete meses, endossa: “A cinta não é para recuperar a forma. Funciona para dar mais conforto e ajudar na postura no pós-parto”.

Agora, se a intenção é só tornar o caimento das roupas um pouco mais elegante, aí sim ela é bem-vinda. “A cinta devolve a autoestima, na medida que faz com que as roupas vistam melhor na mulher no período pós-gravidez. Além de dar segurança aos movimentos”, pondera Helena Junqueira, ginecologista e obstetra do Laboratório Femme, em São Paulo.

As cintas mais adequadas são as que proporcionam sensação de conforto. Se o tecido for inapropriado, a peça pode causar bolhas e machucar a pele da paciente. O material deve ser maleável, ajustável e ter a opção de abrir embaixo (principalmente para as mulheres que passaram pela cesariana). “Ainda no hospital, eu recomendo o uso da faixa da enfermagem, que as próprias enfermeiras colocam. É mais confortável”, diz a ginecologista Isabella Proença.

Portanto, a cinta é uma opção paliativa. Disfarça, mas não resolve o problema. A dobradinha dieta balanceada e malhação ainda são a melhor fórmula. “A barriga só voltará a ser como era antes com o trabalho muscular, que pode começar a ser feito, em média, um mês após o parto”, avisa Isabella Proença.

Esse assunto é muito polêmico mesmo, tem gente que acha que ajuda e que funciona, outras dizem que não é bem assim.

O que vocês acham sobre esse assunto?

Você já usou Cinta pós-parto ou modeladores?

Pesquisei alguns modeladores com qualidade e preço bem acessível.

https://www.estou-crescendo.com/


Eu vou usar e depois conto a minha opinião.

6 Comments

  1. Anônimo 22 de maio de 2014
  2. Deborah Souza 10 de maio de 2013
  3. Toninha Ferreira 26 de novembro de 2012
  4. Jamilly Mãe do Lucas Davi 25 de novembro de 2012
  5. Cristiane Lima 24 de novembro de 2012
  6. Mariana Garcia 24 de novembro de 2012

Add Comment